* CONSCIÊNCIA LIVRE *

Saudações Cordiais! Deixo neste espaço um pouco do que vivi e aprendi para que você possa apreciar e participar comigo, com carinho e simplicidade. Bom proveito! KHEÓPS JUSTO.

terça-feira, 29 de abril de 2008

NOÇÕES DE FREQÜÊNCIA

Para que possamos introduzir o tema é imprescindível que abordemos algumas formas de entender vibração ou faixa freqüêncial. Vamos a princípio emprestar termos do meio científico. A Física é uma ciência que procura dar o entendimento da natureza através de modelos matemáticos. Um excelente modelo matemático para as explicações dos princípios vibracionais é a Teoria Ondulatória. Nossa intenção neste momento é apresentar uma explicação bem simples e didática do que é freqüência para em seguida expandir este conceito para as regiões ainda não estudadas pela ciência. Certamente os termos freqüência ou estado vibracional dentro da nossa proposta de trabalho extrapolam seu conceito original, no entanto, seu entendimento básico é muito útil nessa transição.

 

 

 

Para a produção de uma onda qualquer é necessário uma fonte. Essa fonte é que determina a freqüência e o comprimento da onda gerada. Imagine uma pessoa com a ponta de uma corda na mão e a outra ponta amarrada na parede. Agora imagine que esta pessoa movimente a corda na vertical, ou seja, fazendo um movimento de sobe e desce continuo a razão de um movimento por segundo. Pronto, surge na corda um pulso de 1 Hz (um hertz = medida de freqüência que quer dizer uma oscilação por segundo). Dito pulso se propaga na corda até a outra extremidade. O comprimento da onda gerada é a distância entre dois pontos altos da corda, ou seja, duas cristas.

O mesmo conceito vale para ondas na superfície de um líquido.

E para ondas sonoras:

 

 

O tipo de onda que apresentamos necessita de um meio material para se propagar. No nosso exemplo são eles: a corda, a água ou o ar (no caso das ondas sonoras). A natureza de tal tipo de onda é chamada onda mecânica. Como nosso objetivo e entender a freqüência, no caso do ouvido humano, podemos perceber sons com freqüência entre 20 Hz e 20.000 Hz, ou seja, entre 20 e 20.000 oscilações por segundo. Abaixo de 20 Hz são chamados de infra-sons e acima de 20.000 Hz são considerados como ultra-sons

criado por Kheóps    12:21:48 — Arquivado em: S.E.R. — Tags:, , , , , ,

1 Comentário »

  1. Comentário por MT — quinta-feira, 1 de maio de 2008 @ 18:55:42

    Tecendo um comentário inteligente: Huummmm..

Deixe um comentário

Report abuse Close
Am I a spambot? yes definately
http://kheops.blog.terra.com.br
 
 
 
Thank you Close

Sua denúncia foi enviada.

Em breve estaremos processando seu chamado para tomar as providências necessárias. Esperamos que continue aproveitando o servio e siga participando do Terra Blog.